Tipos de minerais

Características dos minerais

É possível que em alguma ocasião você tenha estudado os minerais e suas características. Há muitos tipos de minerais e cada um é extraído de uma forma e possui características diferentes. O ser humano explora minerais para diferentes usos. Um mineral nada mais é do que um sólido inorgânico que contém substâncias naturais e com uma fórmula química específica.

Neste artigo, vamos nos concentrar nos diferentes tipos de minerais que existem na Terra e o que eles fazem. Quer saber mais sobre isso? Esta é a sua postagem 🙂

Características que definem um mineral

Dureza de um mineral

A primeira coisa que temos que olhar para um mineral é que ele é um elemento inerte, inorgânico, ou seja, não tem vida. Para um mineral ser um mineral, várias condições devem ser atendidas. A primeira é que não pode provir de nenhum ser vivo ou resíduo orgânico. Estas são substâncias naturais que são geradas na Terra. Por ser natural, deve ser extraído da natureza e não criado artificialmente.

Com a questão dos minerais há muito negócio. Existem pessoas que falsificam minerais para outros sintéticos feitos por eles mesmos para vendê-los às custas de pessoas que acreditam no poder místico dos minerais. Um exemplo claro é labradorita, quartzo, etc.

A fórmula química de um mineral deve ser fixada. É feito de moléculas e átomos dispostos de forma fixa e não deve ser alterado. Dois minerais podem ser compostos dos mesmos átomos e moléculas, mas têm proporções diferentes. Um exemplo disso é o cinabre. Este mineral possui a fórmula química HgS. Isso significa que sua composição é composta por moléculas de mercúrio e enxofre. Para que o cinábrio seja um mineral verdadeiro, ele deve ser extraído da natureza e ser inorgânico.

Como diferenciar um mineral de outro

Tipos de minerais

Na dúvida, existem características que podem nos ajudar a diferenciar alguns tipos de minerais de outros. Lembramos que cada mineral possui propriedades que o tornam único e diferente dos demais. Vamos ver quais são as características que nos ajudariam a diferenciar os diferentes minerais.

  • A primeira é saber se estamos ou não falando sobre Um cristal. Existem minerais que são cristais próprios e de origem natural. Obviamente, não é um cristal como o que estamos acostumados a ver, mas eles têm uma forma poliédrica, faces, vértices e bordas. Deve ser mencionado que a maioria dos minerais são cristais devido à sua estrutura.
  • O hábito é a forma que costumam ter. Dependendo da temperatura e pressão em que são formados, os minerais têm um hábito diferente. É a forma que costumam ter.
  • Cor é um recurso bastante fácil de diferenciar. Cada mineiro tem uma cor diferente que pode nos ajudar a saber qual é qual. Existem também incolores e transparentes.
  • O brilho É outra característica que pode nos ajudar a conhecer os tipos de minerais. Cada um tem um brilho diferente. Existem eles com brilho metálico, vítreo, fosco ou adamantino.
  • A densidade pode ser visto com bastante facilidade. Dependendo do tamanho e da massa de cada mineral, você pode saber facilmente a densidade. Os minerais mais densos são pequenos e pesados.

Propriedades dos minerais

Propriedades dos minerais

Os minerais possuem propriedades que servem para classificá-los e gerar uma variedade deles. Uma de suas principais propriedades e pela qual são classificados é a dureza. Do mais difícil ao mais macio, eles são classificados por a escala de Mohs.

Outra propriedade é a fragilidade. Isto é, como é fácil ou difícil quebrar com um golpe. Dureza não deve ser confundida com fragilidade. Por exemplo, o diamante é o mineral mais duro, pois não pode ser riscado a menos que seja com outro diamante. No entanto, é extremamente fácil de se quebrar ao ser atingido, pois é muito frágil.

Quando um mineral se rompe, ele pode fraturar-se irregularmente ou esfoliar regularmente. Quando o segundo acontece, significa que eles têm peças iguais. Para analisar um mineral completamente todas as suas características e propriedades devem ser levadas em consideração.

A escala de Mohs é a seguinte, variando da maior dureza à menor:

  • 10. Diamante
  • 9. Coríndon
  • 8. Topázio
  • 7. Quartzo
  • 6. Ortoclases
  • 5. Apatita
  • 4. Fluorita
  • 3. Calcite
  • 2 gesso
  • 1.Talc

Para facilitar a compreensão, deve-se dizer que a dureza consiste na capacidade de ser riscado. Nesse caso, o talco pode ser riscado por qualquer pessoa, mas não pode riscar ninguém. O quartzo pode riscar o resto da lista de 6 para baixo, mas só pode ser arranhado por topázio, corindo e diamante. O diamante, sendo o mais difícil, não pode ser arranhado por ninguém e pode arranhar qualquer pessoa.

Tipos de minerais

Formação mineral

A forma como os minerais aparecem na natureza os ajuda a identificar dois grandes grupos. Por um lado, eles são minerais formadores de rocha e, por outro lado, minerais de minério.

Um exemplo do primeiro tipo de mineral é o granito. O granito é uma rocha composta por três tipos de minerais: quartzo, feldspatos e mica (ver Tipos de rocha) Do segundo tipo, temos os minérios de ferro. É um minério porque é obtido diretamente do ferro. O minério de ferro possui alto teor de ferro natural e puro, podendo ser extraído diretamente. Deve ser dito que os minérios tendem a ter impurezas.

Entre os minerais formadores de rocha, temos:

  • São um grupo de minerais que formam rochas com maior abundância. Encontramos biotita, olivina, quartzo e ortoose.
  • Sem silicatos. Esses minerais não possuem silício e são gesso, halita e calcita.

Minerais formadores de rocha

Por outro lado, temos os minérios dos quais é extraído diretamente através do elemento. A grande acumulação de um tipo de minério é chamada de depósito. Para obter o metal de um minério, as impurezas são separadas por trituração e depois funde novamente em altas temperaturas. É assim que os famosos lingotes são formados.

Espero que com essas informações você possa entender mais sobre os tipos de minerais.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.