Somália declara estado de desastre nacional devido à seca

seca afetando a Somália

As mudanças climáticas aumentam a frequência e a duração das secas. Muitos países estão declarando alertas por falta de água e começando a expandir seus planos de ação diante da falta de água para o verão que se aproxima.

A Somália declarou estado de alerta para a seca que está atingindo o país.

Desastre nacional

O Presidente da Somália, Mohamed Abdullahi Farmaajo, Declarou o estado de "desastre nacional" para fazer frente à falta de água causada pela forte seca que sofre grande parte do país. Diante de uma seca de tal magnitude, as administrações precisam adotar métodos extremos de economia de água. Redução e até eliminação de limpeza de ruas, cortes de água, redução de pressão, etc.

Mohamed fez um chamado para despertar a comunidade somali para responder com urgência a essas calamidades. A falta de água não leva apenas à pobreza, mas aumentou a doença, a fomeetc. Além disso, ele apelou à comunidade empresarial de seu país e à população somali no exílio a participarem das operações de recuperação nas áreas afetadas.

População afetada

seca e fome afetam a Somália

Existem cerca de 3 milhões de somalis que estão sendo afetados por esta seca e eles estarão em situação de emergência alimentar no mês de junho de 2017. Isso pode causar fome em grande parte do país devido à falta de água para irrigação e plantações.

O presidente recebe continuamente relatórios sobre a avaliação e a resposta que deve ter em tal situação de emergência. A seca deslocou para mais de 135.000 pessoas na Somália desde novembro, de acordo com dados coletados pela Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e o Conselho Norueguês para os Refugiados (NRC).

Organizações internacionais temem que esta situação de seca extrema gere uma fome que produzirá cerca de 250.000 mortes ocorridas em 2011.

 


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.