O ano hidrológico de 2017 fecha com déficit de 15%

reservatórios de seca

A Espanha sofre com uma seca tão severa que nem mesmo na última década houve valores tão baixos de precipitação e níveis de reservatórios. O déficit hídrico deste ano fecha com 15% a menos que no ano anterior. Foi considerado um período muito seco em toda a Espanha, sendo o oitavo ano com menos chuvas desde 1981.

Como sabemos, o ciclo hidrológico termina em setembro e de acordo com as previsões meteorológicas este outono será bastante quente e seco, com poucas chuvas. O que pode ser feito em tal situação de seca?

Ano hidrológico seco

déficit hidrológico

Este período iniciou-se em outubro de 2016 com um mês de precipitação abaixo dos valores normais, continuando com um novembro chuvoso. No final de novembro, com as chuvas ocorridas, os dados pluviométricos voltaram ao normal. No entanto, esses dados foram devidos a episódios de chuvas fortes e não se espalhou ao longo do mês.

Mas depois os números diminuíram e, apesar das chuvas intensas que se registaram no sudeste peninsular e nas Baleares durante os meses de dezembro e janeiro, janeiro também foi um mês seco e as chuvas acumuladas no ano hidrológico continuaram a diminuir até 18% abaixo do valor normal na segunda quinzena de janeiro.

Os meses de fevereiro e março ficaram mais ou menos estáveis, próximos ao normal, mas depois desses meses a primavera foi bem seca. O déficit hidrológico abaixo do valor normal após a primavera foi de 13%.

Neste verão, houve valores de precipitação 7% acima do normal. Mas esses valores não compensaram o déficit hidrológico acumulado, chegando a setembro a 12%.

Déficit hídrico e seca

O ano hidrológico -que vai de 1º de outubro a 30 de setembro- fechou com média de 551 litros por metro quadrado para toda a Espanha, o que representa um déficit de 15% em relação ao valor normal (648 litros por metro quadrado).

Isso torna este ano muito seco. Além disso, a demanda por água continua a ser a mesma ou maior, então há cada vez menos água disponível.

A água é um recurso muito valioso e temos que aprender a cuidar dela juntos, pois não sabemos quando vai chover de novo.

 


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.